A Figura Do Monstro Clássico Na Cultura Pop

Sinopse

O que é que torna os monstros clássicos tão cativantes? Por que eles continuam tendo relevância no mundo contemporâneo? Neste livro, o primeiro estudo aprofundado sobre as maneiras como as sociedades pós-clássicas se apropriam das criaturas do mito antigo, Liz Gloyn revela as tendências de uso das figuras monstruosas desde a década de 1950 até a atualidade, e reflete sobre as razões pelas quais esses monstros permaneceram tão arraigados em nosso imaginário cultural. A autora apresenta um novo modelo de interpretação da vitalidade extraordinária que os monstros clássicos têm apresentado, traduzida em sua adaptabilidade — eles encontram locais para residirem dentro da cultura popular sem prejudicar sua conexão com o mundo antigo.
O debate trazido por Liz leva os leitores a atravessarem um panorama abrangente dos modos como os monstros são apresentados no cinema e na TV, desde as adoradas criações de Ray Harryhausen em Fúria de Titãs até os “monstros da semana” em Hércules: A Lendária Jornada, e a olharem detalhadamente para as vidas e pós-vidas da Medusa e do Minotauro. Passando por sereias e centauros, todos os amantes de monstros encontrarão motivos para amar este livro estimulante e acessível.