O Sertão Dos Mandiboias

Sinopse

Passadas quatro décadas desde o lançamento de O sertão dos mandiboias: fundação de Paraguaçu-MG, a obra de Oscar Ferreira Prado segue trilhando uma trajetória de sucesso que parece inesgotável. O livro que já nasceu clássico e cresceu como item obrigatório em toda residência paraguaçuense acabou, em pouco tempo, se transformando em objeto de desejo de colecionadores e estudiosos. Há neste percurso elementos de um paradoxo que não deixa de ser fascinante: quanto mais a pesquisa avança por sobre novos documentos históricos e revela, a partir deles, determinadas inconsistências da abordagem de Oscar, mais validade ganha o seu trabalho. Até porque, além de compilar uma série de informações objetivas então inéditas, O sertão é uma espécie de romance de formação que acompanha a transição da vida e a consolidação quase existencial não de um personagem, mas sim de uma cidade e do povo que a edifica. Na primeira parte, quem se apresenta é o hábil literato preenchendo de cores imaginativas a chegada do capitão Manoel Ferreira Prado e sua família à sesmaria que a partir dali começaria a ser engendrada como um novo povoado encravado entre rios e montanhas do Sul de Minas Gerais. Embora anco...